domingo, 30 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Look básico ou nem tanto

 

O look de hoje podia ser mais um look composto por peças básicas não fosse o meu casaco de pêlo top que amo de paixão. Bem sei que não é a peça que mais nos favorece plus size, todavia, é como costumo dizer às minhas clientes: se gostam de uma peça esqueçam por um dia todas as regras e dicas e usem-na. 
Tentem sempre criar uma silhueta equilibrada e quando se usa uma peça em padrão leopardo todas as restantes devem ser básicas e discretas senão irão ficar too much. Uma coisa é gostarem de animal print (que eu adoro), outra é transformarem-se no animal em si. Mesmo que sejam mais arriscadas e gostem de misturar padrões escolham um padrão de riscas discreto por exemplo e não misturem o mesmo padrão em diferentes tamanhos. Irão criar muita confusão visual e transmitir uma imagem incorrecta.

 
Shop my Look
Casaco, camisa & calças - Dorothy Perkins
Botas - Aldo
Óculos - Rayban

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Botões

 

Os detalhes e pormenores nas peças de roupa são o que marcam efectivamente a diferença. A maioria, quando bem escolhidos, ajudam imenso na definição do estilo pessoal e até tirar o máximo partido da silhueta e do biótipo de cada uma.
Por isso mesmo os meus olhos fogem sempre e pessoalmente sinto-me logo atraída por peças que sejam simples mas que tenham algum detalhe que a façam especial e mais do que uma blusa branca ou uma camisola de lã.
É o caso desta camisola da Modalfa (por acaso já repararam na coleção desta estação que é de babar?) que podia ser só uma camisola branca mas o detalhe dos botões nos ombros chama logo a atenção para esta área desviando o olhar da minha zona problemática (a barriga e anca).
A sua cor que é no branco mais sujo influencia, igualmente, positivamente o meu rosto, uma vez que é uma das cores da minha paleta pessoal ajudando a trazer mais luz e disfarçando aquelas manchinhas que por vezes tendem a persistir.

 
Shop my Look 
Camisola - Modalfa
Calças & botas - Dorothy Perkins
Óculos - Chloé

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Ilusões


Nisto do mundo da consultoria de imagem é todo um jogo de ilusões. Já sabem que não gosto particularmente das ditas regras da moda mas tenho perfeita consciência que existem peças cujo modelo e corte favorecem mais os corpos. E no caso de nós mulheres plus size se existem peças que são nossas “amigas” são as peças de traçar e as calças de corte direito/flare.
Começando pela camisola de traçar esta provoca um efeito ilusório de alongamento da zona do colo e busto retirando volume em todo o tronco. Por outro lado, as calças direitas ajudam a harmonizar a silhueta, criando uma figura harmónica entre a parte superior e a inferior do corpo.
Uma última nota para o casaco com cinto: marcar a cintura devia ser condição obrigatória para todas as mulheres (isso e o uso da terceira peça) mesmo para aquelas mulheres formato oval e que acumulam mais gordura nesta zona. O cinto ajuda sempre a criar uma cintura e a criar a ilusão de uma curva e do corpo ampulheta que todas desejamos.

 
 
Shop my Look
Casaco & camisola - Dorothy Perkins
Jeans - Violeta by Mango
Botas - Venca
Óculos - Chloé

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Cavaleira andante

 

As botas de cano alto voltaram em força nesta estação nas suas mais variadas versões de salto (rasos, médio, agulha, hiper altos...) e por isso são bastante tendência sendo usual vê-las nas pernas na mulherada em geral.
Sempre que calço estas botas (só tenho botas de cano alto rasas e acho que são as mais elegantes para nós) penso sempre em looks de inspiração equestre e em ambientes de cavalos, montadas e afins.
Mas se acho que até podem ser elegantes em alguns looks, sei também que para nós é uma luta muitas vezes encontrarmos umas botas de cano alvo que nos sirvam nos pés e nas pernas (sim porque para os iluminados do calçado a pessoa pode calçar 41 ou 42 mas tem que ter perna tamanho S). Felizmente hoje em dia já existem marcas (principalmente em site estrangeiros) que compreendem a nossa dar e frustação e já fabricam botas adaptáveis a pernas mais gordinhas mas que têm tamanho de pé razoável.
Por isso meninas já não há desculpas ne? É só encomendar e se não ficarem bem é só enviar para trás.


Shop my Look
Casaco - La Redoute
Túnica - Dorothy Perkins
Botas - New Look
Óculos - Rayban

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Dia de chuva


Isto de tirar fotos dos looks diários no Inverno é uma verdadeira aventura pois com a chuva, vento e frio as condições não são propriamente as melhores.
Como neste dia que chuvia desalmadamente e eu tive que correr e penar para achar um sítio minimamente engraçado basicamente para não ficar tipo peru encharcado.
O look em si são umas calças teal clássicas, cor que adoro ver com preto e branco e por isso um top com bolinhas foi uma escolha quase óbvia (e o que são essas mangas neste top?). O sobretudo é extremamente romântico devido ao detalhe nas mangas o que vai ao encontro do padrão do top.

 
Shop my Look
Look total - Dorothy Perkins

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

{Consultoria de Imagem} O Closet +Size


Ao longo da vida vamos construindo um closet sempre com base em duas ações que fazemos de tempos em tempos: compras e limpezas. Desta forma, gostaria de vos deixar hoje algumas dicas para terem em conta quer na hora das compras quer na hora das limpezas e que vos ajudarão a construir um closet de sonho e com o qual se identifiquem.

  1. Qualidade vs Quantidade – compensa muito mais ter um closet com algumas peças de qualidade que podem usar durante várias estações (algumas até durante uma vida) do que um closet atolado com peças e mais peças que duram pouco, se enchem de borbotos, desbotam, etc.
  2. Custo vs Benefício – quando temos uma peça de roupa e queremos avaliar o custo vs benefício da mesma têm que considerar o número de vezes que a vão usar, a sua multiplicidade, ou seja, o número de vezes que a podem multiplicar em looks diferentes e o seu custo. Se comprar uma peça de 100€ mas se a conseguir usar em pelo menos 5 looks diferentes o seu preço baixa para os 20€ e se este poder ser estendido por diversas estações o seu custo útil ainda descerá mais sendo assim um bom investimento.
  3. Básicos vs tendências – um bom closet é construído por 80% de peças básicas e mais clássicas que podem ser utilizadas em inúmeros coordenados e em diferentes ocasiões e 20% de peças tendência, ou seja, que estão em voga em duas ou três estações e depois ficam adormecidas até voltarem uns anos depois. Estas peças são ótimas para dar uma atualização nos vossos coordenados e um ar moderno.
  4. Acessórios – estes são fundamentais em qualquer closet e look (habitualmente digo que eles são o quinto elemento) e podem efetivamente fazer toda a diferença e muitas vezes o investimento não é assim tão elevado.
  5. Conjuntos vs espontaneidade – se usarem sempre as peças de roupa da mesma forma e com o mesmo coordenado esta não será tão rentável e poderá até ficar “presa” a esse tipo de combinação. Se experimentar quebrar esses coordenados e misturá-los com outros irá perceber que o resultado será um N número de possibilidades novas sem ser necessário comprar uma peça de roupa nova.

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Mix & Match

 

Já em looks anteriores falei um pouco sobre cores e como as conjugar e se esse era um pouco caracterizado pela conjugação de cores mais básicas, no look de hoje resolvi mostrar-vos uma combinação que também nunca falha: ganga e vermelho (cor que favorece bastante as pessoas louras e pele clara). Esta é uma combinação intemporal e super elegante que não tem como resultar mal.
A camisola tem mangas em corte morcego que são óptimas para disfarçar os braços mais gordinhos e as calças em corte flare são perfeitas para alongar a silhueta equilibrando o tronco com as pernas.

 
 
Shop my Look
Camisola - Dorothy Perkins
Jeans - Salsa
Botas - Berska
Óculos - Polaroid