terça-feira, 15 de março de 2016

Peplum – Os pros e os contras


Hey curvies,

Acerca de dois anos começamos a ver nas fashionistas mais vanguardistas o uso de uma espécie de efeito de folho nos topos que usavam. Era o regresso de uma tendência há muito perdida: o peplum. Mas esta não foi passageira e o peplum tem permanecido muito em voga nestas últimas estações e irá continuar.

Mas a grande questão é: será que este tipo de tendência se adequa aos nossos corpos cheios de curvas? A resposta é claro que é afirmativa! Mas aqui cuidados extra têm que ser tidos em contas para não parecermos demasiado gordas, sem formas criando demasiado volume na zona das ancas. 

Se o peplum for bem escolhido pode fazer-nos mais elegantes e esguias, uma má opção poderá fazer-nos ainda maiores, realçar as gorduras mais inestéticas e criar a ilusão que temos uma anca enorme ou que estamos grávidas de 7 meses.


Se inicialmente começaram por ver peplum em tops, depressa alastrou-se para saias, blusas, vestidos, casacos e blazers. Têm, então, um grande leque de artigos para escolherem as vossas preferências. 
Ao optarem por um casaco, top ou blusa conjuguem-no com umas calças mais justas para não criarem um conjunto demasiado volumoso, equilibrando o peplum com a delicadeza da parte de baixo, criando um look mais despojado. 

Uma saia já é mais arriscada e aqui têm que ter muito cuidado, por isso compensem com uma parte de cima simples e elegante. É importante que o peplum seja um pouco mais comprido e não assente na zona do rabo pois irá aumentar o seu tamanho.

Quem preferir vestidos tenham cuidado no tecido escolhido e não optem por algo demasiado justo, mais vale subirem um número do que parecerem que estão prestes a rebentar.

Para terminarem o vosso visual optem por acessórios simples e uns sapatos mais vistosos criando um look visual chic.


Sem comentários: