quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

{Consultoria de Imagem} O Closet +Size


Ao longo da vida vamos construindo um closet sempre com base em duas ações que fazemos de tempos em tempos: compras e limpezas. Desta forma, gostaria de vos deixar hoje algumas dicas para terem em conta quer na hora das compras quer na hora das limpezas e que vos ajudarão a construir um closet de sonho e com o qual se identifiquem.

  1. Qualidade vs Quantidade – compensa muito mais ter um closet com algumas peças de qualidade que podem usar durante várias estações (algumas até durante uma vida) do que um closet atolado com peças e mais peças que duram pouco, se enchem de borbotos, desbotam, etc.
  2. Custo vs Benefício – quando temos uma peça de roupa e queremos avaliar o custo vs benefício da mesma têm que considerar o número de vezes que a vão usar, a sua multiplicidade, ou seja, o número de vezes que a podem multiplicar em looks diferentes e o seu custo. Se comprar uma peça de 100€ mas se a conseguir usar em pelo menos 5 looks diferentes o seu preço baixa para os 20€ e se este poder ser estendido por diversas estações o seu custo útil ainda descerá mais sendo assim um bom investimento.
  3. Básicos vs tendências – um bom closet é construído por 80% de peças básicas e mais clássicas que podem ser utilizadas em inúmeros coordenados e em diferentes ocasiões e 20% de peças tendência, ou seja, que estão em voga em duas ou três estações e depois ficam adormecidas até voltarem uns anos depois. Estas peças são ótimas para dar uma atualização nos vossos coordenados e um ar moderno.
  4. Acessórios – estes são fundamentais em qualquer closet e look (habitualmente digo que eles são o quinto elemento) e podem efetivamente fazer toda a diferença e muitas vezes o investimento não é assim tão elevado.
  5. Conjuntos vs espontaneidade – se usarem sempre as peças de roupa da mesma forma e com o mesmo coordenado esta não será tão rentável e poderá até ficar “presa” a esse tipo de combinação. Se experimentar quebrar esses coordenados e misturá-los com outros irá perceber que o resultado será um N número de possibilidades novas sem ser necessário comprar uma peça de roupa nova.

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Mix & Match

 

Já em looks anteriores falei um pouco sobre cores e como as conjugar e se esse era um pouco caracterizado pela conjugação de cores mais básicas, no look de hoje resolvi mostrar-vos uma combinação que também nunca falha: ganga e vermelho (cor que favorece bastante as pessoas louras e pele clara). Esta é uma combinação intemporal e super elegante que não tem como resultar mal.
A camisola tem mangas em corte morcego que são óptimas para disfarçar os braços mais gordinhos e as calças em corte flare são perfeitas para alongar a silhueta equilibrando o tronco com as pernas.

 
 
Shop my Look
Camisola - Dorothy Perkins
Jeans - Salsa
Botas - Berska
Óculos - Polaroid

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Tartan

Estou apaixonada por este casaco porque isto dos casacos de Inverno serem todos em uma cor só também se torna aborrecido e este parece extremamente quentinho e o preço até é razoável.

domingo, 16 de dezembro de 2018

{Mary's Style} O segredo está nas mangas

 

Já sabem que para mim os detalhes fazem todo o diferença na peça mais simples que podemos usar. E o que poderia ser apenas uma camisola rosa bebé quentinha tem todo um detalhe nas mangas que a faz diferente.
E tendo em conta o meu formato de corpo ajuda imenso a desviar a atenção da barriga (minha zona critíca) atraindo para os braços. E é nisto que os detalhes das peças são bons porque ajudam no equilibrio da silhueta desviando o olhar daquelas zonas que queremos disfarçar.
O sobretudo é um dos meus favoritos de inspiração militar (adooooooro tudo o que é de inspiração militar) e o resto das peças simples e elegantes como já é hábito.

 
Shop my Look
Casaco - La Redoute 
Camisola & calças - Dorothy Perkins
Botas - Venca
Óculos - Rayban

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

{Mary's Style} Truques

 

Este look de hoje junta vários elementos que estou sempre a insistir convosco para que usem e abusem. Ora vejamos: começamos primeiro pelas riscas verticais do top e pelo uso do cardigan aberto de forma a criarem linhas verticais que alongam e afinam a silhueta originando um look mais elegante. Depois apesar se ser muito adepta de top e camisas claras, decidi usar uma cor mais escura na terceira peça para tirar o volume criado pela cor clara do top. 
O corte largo das calças ajuda não só a alongar a silhueta mas também no equilibrio do look (já sabem que comigo é tudo uma questão de equilíbrio) já que tenho mais volume na parte de cima do corpo do que na de baixo.
Por último é sempre bom arriscar um pouco e apesar do top já ser num padrão resolvi misturar outro usando umas botas leopardo e que resultou bastante bem (brevemente falarei sobre esta questão da mistura de padrões e quais os truques para resultarem).

 
Shop my Look 
Casaco - Dorothy Perkins
Top - Venca
Jeans & botas - Violeta by Mango
Óculos - Céline